Unifeijão | www.unifeijao.com.br
Login:     Senha:          Esqueceu a senha | Cadastre-se

Nova cultivar de feijão preto BRS Intrépido tem boa produtividade, estabilidade e porte ideal

Em, 21/03/17

O destaque da Embrapa nesta edição da Expoagro Afubra é uma homenagem ao ano das leguminosas no ano de 2016
Publicado em 21/03/2017 
Por Embrapa

 

O destaque da Embrapa nesta edição da Expoagro Afubra, que acontece até dia 23 de março, no Parque da Afubra, em Rio Pardo, RS é uma homenagem ao ano das leguminosas no ano de 2016, através da apresentação da cultivar de feijão BRS Intrépido. Preparada para estar junto ao público visitante da feira, a cultivar vai disponibilizar dados de cultivo e produção, além de área demonstrativa da cultura. É uma cultivar de grão preto, com características fortes por possuir uma produtividade elevada e uma estabilidade de produção, além de demonstrar uma boa resistência às doenças. 

 

A BRS Intrépido foi selecionada por meio de melhoramento genético, através de vários cruzamentos, iniciados em 1999, e como linhagem a partir de 2004. E está sendo aparesentada pelo bom desempenho de produtividade e pela estabilidade demonstrada em testes em todos os estados da região Sul (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná). Portanto, é adaptada para essa região do país. 

A nova cultivar tem uma arquitetura de planta adequada para colheita mecanizada e excelente qualidade culinária. O seu plantio se dá na safra (cultura das águas) e na safrinha (cultura da seca). Os seus desempenhos de produção possuem médias que variam entre 3,400 k/ha e 2,400k/ha.

 

O pesquisador Irajá Ferreira Antunes é responsável pelo trabalho de pesquisa, que conduziu áreas experimentais em cinco localidades do Rio Grande do Sul: os municípios de Pelotas, Maquiné, Santa Maria, Sobradinho e Veranópolis. Testes sensoriais foram realizadas pela Cooperativa Mista dos Pequenos Agricultores (Coopar).

A Expoagro Afubra 2017 apresenta uma área de 1/4 de hectare da BRS Intrépido, onde são apresentadas o seu plantio em três estágios de desenvolvimento: plantio de dezembro com grão colhido; plantio de janeiro na fase de vagem e plantio de fevereiro, em época de floração das plantas. Neste ano, a cultivar passa por multiplicação de sementes e se estabelece no mercado até 2018. 

 

As unidades envolvidas no seu desenvolvimento são a Embrapa Clima Temperado (Pelotas, RS) e a Embrapa Produtos e Mercado (Brasília, DF).

Fonte: Agrolink



Shetzel Comércio e Serviços
Tel: (11) 3819-8316
E-mail: unifeijao@unifeijao.com.br